Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Botafogo no Capuchinhos já

Antigamente quando um time carioca estava numa fase ruim a moda era levar todos os jogadores, comissão técnica e dirigentes à Igreja dos Capuchinhos, na Tijuca. Costumava dar certo.
O time leva um gol com 11 segundos na casa do adversário. Toma outro no início do segundo tempo num lance "duvidoso". Leva o terceiro e faz um. Tenta reagir e leva um outro logo a seguir. Faz mais um e acontece a mesma coisa. Leva outro.
Mas o elenco começa a encorpar. Camilo tem bom passe, Pimpão é leve e o time passa a ter banco.
Eu acredito.
A sorte vai mudar.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

A SeleFogo está de volta

Eu conversei agora pouco com um dos integrantes da massa de 80 milhões de torcedores do Botafogo espalhados pelo mundo, Nilson Mello Jr., sobre o futuro do Botafogo. Chegamos a conclusão que a SeleFogo está de volta.

Ele lembrou que em breve teremos Airton (o maior volante do futebol brasileiro que aprendeu a jogar futebol no Glorioso), Dudu Cearense, leandrinho (a maior revelação brasileira desde Neymar) e Camilo 10. Na frente Pimpão e Canalis. No gol temos o maior goleiro do mundo e Sidão, o melhor do Brasil. Luis Ricardo que sobe de produção a cada jogo e que lembra Carlos Alberto Torres  em alguns momentos. Do outro lado temos dois laterais também em nível de seleção, Diogo Barbosa e Vitor. Na zaga temos quatro zagueiraços. É só jogar a camisa pro alto.

Tremei, COMUNS.

domingo, 26 de junho de 2016

Esse Camilo vai longe

Melhor estréia, impossível. Uma bela arrancada e um passe para um gol e um golaço. Gostei muito. E o time ainda perdeu um caminhão de gols. Principalmente por causa da insegurança e fominhagem, da vontade de acertar. Apesar dos pesares acho que Ribamar jogou bem hoje. Assim como Neilton e Fernandes. Justamente os três fominhas.

Esse Sidão tomou conta do gol. Bela contratação. Boa partida do Luis Ricardo e da zaga também. Assim como o lateral Diogo Barbosa. Também gostei dos volantes Airton, Bruno Silva e depois Lindoso. Mesmo com um a mais o sufoco era natural que acontecesse. Jogo na casa do adversário, Botafogo inseguro com a questão da zona do rebaixamento, ainda os muitos desfalques e a entrada de um jogador desentrosado.

E o Jerry não para de gargalhar no Blog do PC


Como acontece toda vez que bota salto alto e vem com aquela palhaçada de deixaram chegar...
Que venham as desculpas.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Assim o Botafogo se afasta cada vez mais da briga pelo título

É preciso melhorar a finalização. Mais de 3541 escanteios a favor e nenhum gol. A chegada dos reforços de peso é essencial para tomar o rumo em busca do título.

domingo, 19 de junho de 2016

Depois da atuação de hoje podemos constatar que Gervasio lembra muito o Messi...

...os dois são canhotos. (adaptando frase do Leo lá no facebook).

Quanto ao jogo em si mais uma vez o Botafogo não deu sorte. O Messi botafoguense mandou uma bola na trave e o time voltou a perder um caminhão de gols. Destaque apara a atuação do Sidão. Com a possível convocação do Jefferson pelo Tite após voltar da contusão, o Botafogo estará bem servido de goleiros. Curioso que soube hoje na transmissão que quem indicou o Sidão pro Botafogo foi o volante Camacho. A melhor jogada dele no clube.

Nada está perdido. Ricardo Gomes não tem culpa. É torcer pela volta dos muitos titulares contundidos como o próprio Jefferson, o Carli, o Emerson, o Airton (que está meia bomba e em forma é hoje o maior volante do Brasil), o Lindoso e o Dudu Cearense (que vão disputar posição); e a chegada dos reforços Camilo, Canalis e a fera Pimpão.

Tudo pro Botafogo é difícil. Mas o presidente deveria contratar um 10 de peso e um ídolo. O Botafogo não precisa de títulos, precisa de ídolos.

domingo, 12 de junho de 2016

Sempre aos domingos


Acho que já passou da hora de chamar o Marcelo de Lima Henrique.

Esse GG é PP

Com todo o respeito ao rapaz que deve ser bom moço e menino de família mas não dá pra entender como insistem em escalar esse Gegê no time titular do Botafogo? Ele não tem culpa. Respeito também o trabalho do Ricardo Gomes mas ele precisa definir o time. Mesmo com os problemas de contusão. Cada jogo é um time, uma forma de jogar.
E, pra variar, vai ter falta de sorte assim lá na Cochinchina. Fora o fato de aceitarem esse juiz Ricardo Ribeiro. Só dava faltas contra o Botafogo, deu cartões absurdos pros jogadores do Botafogo e deixou em campo aquele bom número 7 do adversário que fez o que quis. Fora os misteriosos 5 minutos de prorrogação.
Acorda, Presidente.

sábado, 11 de junho de 2016

Brizola na cabeça

Amigos, amigas e tricolores: tenho andado meio sumido, mas sempre atento. É que além do livro do Sandro Moreyra, que está praticamente finalizado, comecei a preparar um livro sobre o ex-governador Brizola e outro sobre o filósofo Leandro Konder. Sabem como é, né? Nós, botafoguenses, somos politizados e intelectualizados. Vamos além do futebol. E este Blog é frequentado por gente fina. Até os nossos framenguistas pensam. Já entrevistei diversas pessoas pro livro do Brizola (ver abaixo). Políticos, jornalistas e outras pessoas que conviveram com o engenheiro. Todas as dicas e sugestões são bem-vindas.

Em tempo: Brizola dizia que era Bangu. 

Como continuo coma mania de blogs, quem quiser prestigiar o blog do Brizola é só clicar AQUI.

Arte: André Hippertt (tricolor)

PCzinho aqui do lado esquerdo do Brizola 

Saturnino Braga, ex-senador e ex-prefeito do Rio (acho que é botafoguense)

Nilo Batista, ex-secretário e ex-governador e vice (framenguista)

domingo, 5 de junho de 2016

Como é mesmo aquele negócio de deixaram chegar?


O Botafogo faz a gente sofrer mas o Sentão faz a gente gargalhar.

Muita calma nessa hora, botafoguenses

Confesso que esqueci do jogo contra o Santos. Me avisaram quando o jogo já estava no final, aos 40 do segundo tempo. Não dá pra avaliar. Mas não é hora de desesperar. O que é preciso é rever essa preparação física e médica. Estranho tatas contusões nesse início de temporada. Agora é hora de tentar formar um time até a chegada dos reforços em 30 de junho e arrumar de vez um 10.
Nem tudo está perdido.

E agora Dunga? Por muito menos você defenestrou o Jefferson da seleção

Que frangaço desse goleirinho que o Dunga inventou pra seleção. Foi gol legal. O juiz errou. O goleiro falhou feio. Curioso que depois que virou titular no lugar do Jefferson foi vendido por uma grana pro futebol europeu.