Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
Lançamento em breve

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sábado, 24 de novembro de 2012

Guardiola assumiria a seleção amanhã, diz Lance!


Está dando no Lance!. E você? Concorda com a escolha de um técnico estrangeiro para dirigir a seleção brasileira? Nunca antes na história desse país aconteceu isso.

Para ler no lancenet, clique aqui.

22 comentários:

Léo disse...

Não verifico qualquer obstáculo a indicação de um técnico estrangeiro para o comando da seleção, a não ser aquelas de cunho nacionalista-xenofóbico.

Aliás, já faz algum tempo que acho que o Brasil deveria ter testado a hipótese.

Porém, não acredito que a CBF e sua direção improvisada assumam tamanha responsabilidade em uma escolha estrangeira às vésperas da Copa, acredito que optarão pelo óbvio ululante amparado pelo apoio popular que os livra de qualquer satisfação posterior em caso de desatre: Felipão.

Assim como, as obras para a Copa, acho que estamos superfaturando a posição do Brasil neste Copa.

Mario_av disse...

Discordo do Léo quanto a indicação. Acho Osvaldo de Oliveira o nome certo para assumir a seleção.

Cacau Avila disse...

Fora as sempre bem humouradas intervenções do Mário, eu diria que quem tem medo de voar, vai para Nova York de Fiat UNO. Vai chegar. Um dia, chega.

Claro que este aí é "o cara". Vamos acabar de vez com esta coisa de tradicionalismo idiota. Quem vai ser campeã é a seleção brasileira (se o for agora, visto eu achar o trabalho do Guardiola de longo prazo). É o hexa da amarelinha quem vai entrar para a história. Guardiola será só curriculum pessoal.

Só que para 2014 não vai dar, galera. O trabalho dele não é para situações emergenciais, ele teria que montar o elenco, não temos (incrível) nenhum jogador diferenciado já pronto (Romário em 94 e Ronaldo em 2002) e nem ao menos um bom 'escada' (Bebeto em 94 e Rivaldo em 2002) e não achem que Kaká vai estar tinindo ou que Neymar vá enfrentar, ainda garoto, a barra de uma Copa no nosso país, com cobrança braba em cima.

É o que eu acho.

_______________________________

Agora, seguindo aí a linha do Mário, tem outra solução: caso queiramos o décimo primeiro lugar na Copa, ficamos com a "boa" solução do sidiallan...

Paulo Vitor, Yellow Adrian, uns 3 uélintons, Vagner Love (que teve como maior destaque na vida um golaço na segundona sobre Almir, Camacho, Sandro, Dil e Valdo com 60 anos) e aqueles caras que eles trouxeram da terceira divisão.

Cacau Avila disse...

Agora sobre as enquetes, a "dabuda" está impagável.

Rindo muuuuiito aqui.

Meu filho está quase bebendo a garrafa inteira de água, para tentar parar de rir.

:)

Ficamos imaginando Obina no menguinho cercando abuda por trás, fazendo homem a homem. Acho que já seria assunto (imagem) para o blog do Xexa.

PC Guimarães disse...

:-)

Léo disse...

A indicação será o Felipão, mas a minha escolha pessoal também recai sobre o Osvaldo de Oliveira, Mário.

Concordo e discordo ao mesmo tempo do Cacau quanto a essa questão do tempo de preparação e a forma de trabalho do técnico.

Acho até que nem é possível perceber bem se o Guardiola é um técnico de resultado a longo prazo, fazemos um juízo sobre o trabalho dele no Barcelona, e neste caso, a preparaçao de longo prazo foi do clube e não do Guardiola, que apenas moldou esquemas e jogadores, mas já tinha uma estrutura. Coisa que o Brasil não tem.

Da mesma forma, estamos falando em jogar o Felipão no "fogo" em razão do título de 2002 quando assumiu e conseguiu fazer um bom trabalho de curto prazo em uma seleção destroçada. Vamos ver ser o raio cairá duas vezes no mesmo local.


Quem for assumir, terá pela frente aquilo que os tricolores gostam, um pepino bem grande nas mãos...

PC Guimarães disse...

"Quem for assumir, terá pela frente aquilo que os tricolores gostam, um pepino bem grande nas mãos...". Léo: esta frase final combina também com o post de Abuda do Vasco. Pepino e Abuda: tudo a ver.

Mario_av disse...

Voltando um pouco ao noticiário policial, olha só que pérola acabei de ler em O Globo. Isto pode inclusive ser motivo para anular o julgamento, afinal não se pode (ou não se deve) mentir ao juri:

Segundo o MP, Bruno desembolsou R$ 5 mil para bancar a morte de Eliza. Durante debate entre defesa e acusação, o promotor afirmou ainda que o valor supostamente pago pelo crime demorou a ser quitado devido a um atraso no pagamento do salário de Bruno pelo Flamengo.

O Flamengo atrasar salário? Impossível!!!!

Blog do PC Guimarães disse...

Essa é de matar.

Bebezinho Pinto Souto disse...

Romário disse que não 'aGuardia a Ola' disso acontecer.

*Que paril! Quantos anos eu tenho mesmo?*

Bebezinho Pinto Souto disse...

Pc, o 'bom de medalha' nunca que iria contratar o Guardiola, até porque o Guardiola nunca iria se sujeitar a convocar jogador empresariado. Ele só vai ser contratado se a televisão, os cartolas e outros 'medalhões'(Ele gosta de medalhas) do país impor que o Brasil vença a Copa do Mundo, de uma forma ou de outra.

Fabio Medici disse...

Também acho que ninguém chamaria o Guardiola. Mas seria uma boa. Acho, Léo, que com um bom técnico, o time do Brasil tem tudo pra se tornar competitivo. Acho que da pra semifinal, por exemplo. Um meio campo com Paulonho, Ramires, Oscar e Kaka e um ótimo meio campo. Com Thiago Silva na zaga e Neymar? Da pra fazer uma boa copa. O problema e que nao temos um grande goleiro. Jefferson falhou num dia últimos jogos e nao e unanimidade. Diego dez um ótimo brasileiro, mas esperou até quase 30 pra isso. Júlio Cesar foi um goleiraco. Mas acabou. E nao temos laterais como Jorginho, Cafu e Roberto Carlos...

Celso Ricardo disse...

TODOS os goleiros que passaram pela seleção tiveram suas falhas.
Há uma GRANDE má vontade com o Jefferson.
Só não entendo o porquê...

Celso Ricardo disse...

Fábio, meu nobre, quanto a Oscar, Ramires, Paulinho e Kaká, me perdoe, é se contentar com muito pouco.
Abraços e um excelente fds.

PC Guimarães disse...

O cara pegou até pênalti! Para mim é o Fantasma do Barbosa. E não é porque o Jeff é afrodescendente que nem o Barbosa. Se o goleiro da Copa de 50 se chamasse José Francisco, por exemplo, e o grande goleiro do Brasil no momento também se chamasse José Francisco, haveria essa má vontade. Embora haja casos na Mídia de má vontade com o Glorioso mesmo. mas fico mais com a superstição (ou SUPER TIÇÃO, como escreveria a maior parte da nassão).

Sidney disse...

Espero que o Pep Guardiola não convoque mais jogadores de time pequeno principalmente o foguinho Jéferson na seleção nunca mais, o melhor goleiro pra seleção seria o Paulo Victor do Flamengo.

Cacau Avila disse...

No terreno da solidariedade, tendo em vista que o ex ídolo dos framenguistas vai seguir o caminho do Macarrão em relação à pena aplicada, mando aqui uma lista para que escolham o que melhor lhes parecer adequado.

________________________________

Julio Cesar - ex Botafogo em 2007

Max - ainda deve estar por aí

Martinha - o uruguaio que antecedeu Loco Abreu

Qualquer coisa, vou pesquisando e mando outras sugestões.

Cacau Avila disse...

Não sei o que a galera do blog pensa e se é adpeta do esporte, mas a magia do Senna me deixou neste vício maluco de F1 e não consigo desgrudar da TV (hoje em dia, só não vejo as corridas da madrugada ou quando o domingo pede um programa melhor em família).

Na minha opinião, Vettel vai ficar ali em água de salsicha vez que não precisa ganhar a corrida. Acho que ele irá tentar a pole mas sem se esforçar para ganhar a corrida ou ainda assim, deixar a briga pela pole e correr "com o regulamento no painel". Parece que até o quarto lugar (ou o terceiro, não lembro agora) lhe garante o título.

Gostaria de ler outras opiniões (claro, se o galerão do blog também gostar de F1).

Mario_av disse...

Além do Senna, o meu vício em F1 tem grande influência do Nelson Piquet. Na época em que os dois correram juntos, as corridas eram fantásticas. Com toda a automação nos F1, a mão do piloto passou a pesar menos. Hoje o "chegar é uma coisa e passar é outra" vale mais do que antigamente. O Senna chegava e passava, o Piquet chegava e passava, idem Proust, idem Nigel Mansel.
Graças a estes pilotos e tb sou como o Cacau e vários outros, assisto a F1 atual na esperança de ver pilotos como aqueles nas pistas. o Vettel só perde o campeonato se quebrar, vai correr ouvindo a narração da corrida pelo rádio.

Léo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Léo disse...

Acompanho a F1 desde os sete anos de idade, recordo-me do acidente que resultou na morte de Ronnie Petterson, até dois anos atrás quando praticamente abandonei-a devido a monumental irritação que ficava em razão da pouca competitividade do pilotos brasileiros, quando passei a torcer por Hamilton, Alonso e Vettel, achei que era hora de "puxar o freio de mão e dar um 180 graus".

Fui piquetista convicto durante anos e sofri - como todos - com a morte do Senna. E depois, acho que sofri mais ainda, com a nova geração de Cremilsons e Perivaldos brasileiros ao volante de um F1.

Alguém que acompanha a F1 por longos anos teve alguma esperança de título ou momentos de emoção com relaçao a pilotos como Pizzonia, Massa, Bruno Senna?


A maior emoção que estes sujeitos me trazem é no momento da largada, saber se eles nao irao bater na primeira curva ou por quantos serão ultrapassados até a segunda é a minha aposta predileta.

Salvo erro, o Clay Regazzoni, em uma prova no Rio foi perguntado sobre o que achava da perícia dos pilotos brasileiros, ele apontou para um Kombi que vinha lotada na esburacada Abelardo Bueno tocando horrores e desviando dos buracos e disse: preciso explicar mais alguma coisa...

Naquela época, quando a Avenida Abelardo Bueno ficava em Curicica e não na Barra da Tijuca(?), tínhamos bons pilotos.


Deverei assistir hoje porque será no Brasil. Talvez...

Leank house disse...

GUARDIOLA NA SELEÇÃO BRASILEIRA PARA TER UMA RENOVAÇÃO DE VERDADE E FORA TODOS O VELHOS DA CBF QUE JÁ ESTÃO ULTRAPASSADOS.